Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Centros Educativos Promotores de Arte

 

  • FUNDAÇÃO DE SERRALVES

 

A Fundação de Serralves é uma instituição cultural de âmbito europeu ao serviço da comunidade nacional, que tem como missão sensibilizar o público para a arte contemporânea e o ambiente, através do Museu de Arte Contemporânea como centro pluridisciplinar, do Parque como património natural vocacionado para a educação e animação ambientais e do Auditório como centro de reflexão e debate sobre a sociedade contemporânea.

 

OFICINAS TEMÁTICAS - ARTE

15 Out 2007 - 20 Jun 2008

  • Através do contacto com diferentes modalidades expressivas pretende-se estimular novos olhares em torno da arte, da paisagem, do corpo e dos espaços, com base em abordagens interdisciplinares.

Funcionamento: de 2ª a 6ª feira (duração 2h)

 

 

Jogos de música

·                            Esta oficina apela à criatividade através de jogos que envolvem a expressão corporal e a música: faz-se o (re)conhecimento do corpo e dos seu(s) tempo(s) e, a partir do movimento, os participantes constroem frases musicais e coreográficas.

Orientação: Miguel Cabral, Ricardo Barbosa
Público alvo: ensino básico; neces. educativas especiais
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

Ao sabor dos sons

·                            O som, o desenho e o movimento do corpo conjugam-se nesta oficina. Apresentam-se diferentes sonoridades que são interpretadas ao sabor de quem as ouve, através de jogos de expressão corporal e de representações gráficas.

Orientação: Pedro Magalhães
Público alvo: ensino básico; neces. educativas especiais
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

Dança Criativa

·                            Com jogos de improvisação, vamos usar o movimento natural do corpo como matéria para explorar noções de tempo, espaço, ritmo e som, que estimulam a percepção, a capacidade de expressão e o trabalho em grupo.

Orientação: Claúdia Regado, Manuel Marques
Público alvo: pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico; neces. educativas especiais
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

 

Pinturas e espessuras

·                            Com diferentes espessuras de pincéis, tintas e configurações de papel, esta visita-oficina desperta a curiosidade em torno do “fazer” e o gosto pela descoberta de materiais e técnicas artísticas, cruzando desenho, pintura e colagem.

Orientação: José Maia
Público alvo: pré-escolar e ensino básico (1º e 2º ciclo); neces. educativas especiais
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

Livros de artista

·                            Tendo como ponto de partida uma visita à biblioteca do Museu para conhecer livros de artista da Colecção da Fundação Serralves, vamos elaborar um pequeno livro que conjuga, de forma criativa, textos, desenhos e colagens realizados pelos participantes desta oficina.

Orientação: Sónia Borges
Público alvo: ensino básico (2º e 3º ciclo) do e ensino secundário
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

Esculturas no Parque

·                            Esta oficina propõe uma visita às esculturas no Parque de Serralves, envolvendo observação, interpretação e debate. A partir daí, concebe-se um projecto para uma intervenção no exterior, relacionando elementos da natureza e objectos do quotidiano.

Orientação: Sónia Borges, José Maia
Público alvo: ensino básico (2º e 3º ciclo) e ensino secundário
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

Uma História na Mão

·                            A partir de uma história que vamos contar, esboçamos e iniciamos a construção de um teatro portátil, com personagens e adereços feitos com materiais reciclados. Este teatro poderá ser completado na escola.

Orientação: Cláudia Mel, Manuel Marques
Público alvo: ensino básico (1º e 2º ciclo)
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

 

Aulas no Museu

·                            Em articulação com o programa de Educação Visual e Tecnológica do 2º ciclo, exploram-se conceitos e processos de trabalho numa aproximação dinâmica e criativa à arte contemporânea: contextualização; percursos no Museu e no Parque; jogos de apreensão de conteúdos; diálogo e partilha de interpretações e experiências. Cada sessão tem uma caixa de materiais de apoio, que constitui uma ferramenta de trabalho para explorar e aprofundar as temáticas abordadas.

Concepção: Elvira Leite, José Rosinhas, Mariana Brandão, Rita Martins, Sofia Victorino
Orientação: Cristina Alves, Mariana Brandão, Rita Martins, Sónia Borges
Público alvo: ensino básico (2º ciclo)
Funcionamento: 3 aulas por ano, uma por período lectivo
Acesso: 1,50 por participante (por aula); inscrição prévia no início do ano lectivo.

INSCRIÇÕES
As aulas têm a duração de 2 horas e realizam-se de 3ª a 6ª feira, entre as 10h00 e as 18h00, em horário a acordar com o professor. Cada professor deve informar o Serviço Educativo acerca das datas e horários pretendidos, assinalando na ficha de inscrição três opções, por ordem de preferência, para cada aula. As inscrições serão aceites por ordem de chegada. É possível inscrever mais de uma turma por escola (a aceitação da inscrição está sujeita às vagas existentes).

FICHAS DE INSCRIÇÃO -As fichas de inscrição deverão ser remetidas ao Serviço Educativo, devidamente preenchidas, ao cuidado de Carla Almeida (para os programas no Parque de Serralves) ou Cristina Lapa (para o programa Aulas no Museu). Posteriormente o professor receberá um ofício a confirmar as respectivas datas de participação na actividade.

Recriar o Museu

·                            Através de um conjunto de jogos e exercícios práticos de exploração do Museu de Serralves, projectado por Álvaro Siza, pretende-se familiarizar os participantes com o processo criativo do arquitecto. De um modo dinâmico, abordam-se noções fundamentais em arquitectura, para uma melhor compreensão e interpretação dos espaços.

Orientação: Inês Caetano, Matilde Seabra
Público alvo: ensino básico e secundário
Acesso: 1,50 euros por participante; inscrição prévia.

 

 

 

 

 

O SABOR DO CINEMA - Momento XIII

 

29 Jan - 06 Mai 2008 - AUDITÓRIO

 

A programação do Ciclo O SABOR DO CINEMA - que pelo sétimo ano consecutivo se propõe chamar e cativar novos públicos para o Cinema - obedece ao duplo imperativo de reflectir sobre a função/ o funcionamento das imagens - em consonância com o quadro temático que anima este ano o trabalho do Serviço Educativo - e de estudar a transformação do olhar sobre os objectos em olhar objectivado - numa tentativa de agarrar a imperdível oportunidade de estabelecer um diálogo com a exposição de Robert Rauschenberg, patente no Museu de Serralves até 30 de Março de 2008.

 

PÚBLICO-ALVO
Dirigido ao público infantil e juvenil (crianças a partir dos dez anos de idade), este ciclo de projecções é antecedido de uma apresentação propiciadora de pistas de leitura que procura estimular a atenção a certos aspectos formais ou temáticos dos filmes. No final de cada sessão, haverá sempre um espaço de debate em que os "filmes que nos falam" passam a ser os "filmes de que falamos".
Duração das sessões:
3 horas

Programação: Os Filhos de Lumière

Entrada Gratuita

 

  • Visita Virtual (http://www.serralves.pt/visitavirtual/pt/flashscript.php)

Bom Fim de Semana;

 

(Re)Viver a Arte

 

Carolina Tulha

sinto-me: Com Sono :P

publicado por domusperfectus às 10:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11

21
22
23

26
31


.posts recentes

. POSTER PARA A FINAL DO cc...

. (Re)Conhecer os Narcótico...

. (Re) Encontro de Gerações

. (Re)Encontro de Gerações

. (Re) Encontro de Gerações

. Desenho-criança

. Tipos de Drogas

. Entrevista na Polícia

. Linhas de Ajuda - (Re)Con...

. Portugal-um dos países co...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.as minhas fotos

.subscrever feeds